Saiba como calcular a taxa de esforço – Ferramenta

29 de Julho, 2019 | por CFinanceiro

Calcular a taxa de esforço pode ser confuso. Por isso criamos esta ferramenta para ajudar.

Calcular a taxa de esforço – Provavelmente já reparou que todas as vezes que existe a necessidade de pedir algum tipo de ajuda a uma instituição financeira são lhe pedido inúmeros documentos. Documentos esses que vão desde os comprovativos de IRS, aos recibos de vencimento entre outros. Pois bem, taxa de esforço, apresenta-se como resposta para esses documentos. Pois é através deste indicador que os bancos conseguem decidir se lhe irão conceder ajuda financeira ou não.

Podemos assim definir, taxa de esforço, como o indicador económico que indica qual a percentagem dos rendimentos familiares é destinado ao pagamento de créditos, relacionando o valor da prestação bancária com os rendimentos provenientes do agregado familiar.

Como interpretar os resultados

Após usar a nossa ferramenta para calcular a taxa de esforço, poderá ter algumas dificuldades em interpretar os resultados provenientes da mesma. Por isso deixamos aqui uma breve explicação como é possível verificar na tabela abaixo.

De uma forma bastante resumida a taxa de esforço ideal nunca deve ser superior aos 40%, contudo muitas entidades financeiras 30% será o ideal. Se os resultados obtidos forem iguais ou superiores a 40%, a solução mais acertada será pedir um crédito consolidado para assim conseguir baixar a taxa de esforço. Como Calcular a Antiga e Nova Taxa de Esforço.

Leia Também: Como pouparam 40.000€ por transferir o Crédito habitação

Importância de calcular a taxa de esforço

Como referido, calcular a taxa de esforço permite perceber a capacidade que um determinado agregado familiar terá em cumprir com a responsabilidade assumida com um empréstimo. Se a percentagem da taxa de esforço for muito alta, significa que o risco inerente ao incumprimento é muito alto. É, portanto, uma informação fulcral para a aprovação, ou não, de um crédito por parte da entidade financeira.

Regra geral, recomenda-se que a taxa de esforço não ultrapasse os 30%, como referido anteriormente Isto para novos créditos.

O cálculo da taxa de esforço é também importante para que o agregado familiar requerente de ajuda financeira consiga perceber (após o cumprimento das obrigações mensais com créditos) qual a parcela do seu rendimento ficará disponível para fazer face às despesas diárias  (alimentação, educação, lazer, etc).


Partilhe este artigo

Facebook Twitter Email LinkedIn Reddit WhatsApp Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Calculadora de Taxa de Esforço