Conselhos para poupar no crédito habitação

20 de Junho, 2014 | por CFinanceiro

Conselhos para poupar no crédito habitação

Acima de tudo é preciso estar informado das condições de várias instituições financeiras. Esse é o primeiro passo para começar a poupar no crédito habitação logo desde início, o que se torna fácil se recorrer aos serviços de especialistas. 
 
  • Spread – O mais conhecido de todos, no fundo esta taxa representa a rentabilidade e o risco que o banco está a assumir ao disponibilizar o crédito. É importante ter um bom spread mas há mais factores importantes.
  • TAE – A taxa anual efectiva representa o custo total do empréstimo, pois inclui indexante (Euribor), spread e outros custos como seguros, portanto, quanto mais baixa, mais está a poupar. Embora deve ter atenção que muitas vezes pode estar a comparar coisas diferentes, basta por exemplo que a cobertura do seguro vida não seja a mesma.
  • Adesão a outros produtos – Normalmente os bancos oferecem as melhores taxas a quem adere a uma maior quantidade de produtos da instituição, nomeadamente, cartões de crédito, seguros, PPRs e outros. Tem que fazer contas e perceber se compensa usufruir das taxas baixas com todos esses encargos adicionais, ou então não aderir aos produtos e ter uma taxa mais alta. Os seguros vida do crédito normalmente é um dos produtos que compensa fazer fora do banco.  É necessário perceber de qual das formas o crédito fica mais barato
  • Amortizar – Existem duas boas alturas no ano para o fazer. Na altura dos subsídios de Natal e de férias. Isto vai permitir-lhe reduzir o prazo e os juros do empréstimo. Embora deve sempre fazer contas ao que pode rentabilizar caso invista esse dinheiro em vez de amortizar. Na nossa opinião o facto de ter liquidez também é importante, se conseguir ter melhores condições ao investir ou até iguais, não amortize.

Partilhe este artigo

Facebook Twitter Email LinkedIn Reddit WhatsApp Telegram

Seguro Vida para Crédito Habitação

21 de Junho, 2011 | por CFinanceiro


Um dos requisitos para poder contrair um crédito habitação (CH) é a subscrição de um seguro vida. O prémio do seguro de vida representa normalmente uma fatia significativa do valor pago às instituições bancárias, que com o passar dos anos vai aumentando substancialmente até se tornar num dos valores mais significativos da Taxa Anual Efectiva.
Ainda que os bancos obriguem à contratação do seguro vida, o mesmo não tem de ser (quer no início do CH quer em qualquer momento) subscrito a uma empresa do grupo, sendo que o único prejuízo possível para o consumidor é um agravamento do spread,apenas se tal situação estiver contemplada no documento complementar da escritura.

Parceria

Conhecendo esta realidade, somos parceiros de várias seguradoras que lhe dão acesso aos seguros de vida mais competitivos do mercado e que permitem poupanças imediatas e de milhares de Euros ao longo dos anos. As poupanças são tão relevantes que na maioria dos casos compensa mesmo que haja  agravamentos de spread. Basta preencher o formulário abaixo para receber uma cotação para o seu caso.
O processo de adesão é simples, rápido e sem burocracias, dispensando normalmente o exame médico (dependente do questionário clínico), além de que conta com apoio no processo de alteração do seguro junto da sua instituição financeira actual.

Poupança

A título de exemplo, num crédito de 145 000 euros com cerca de 34 anos ainda por pagar, obteve-se uma poupança de 50% no 1º ano e de 40% no 5º ano, totalizando mais de €27.000 ao longo do período do crédito.

Interessado?

Se estiver interessado ou tiver dúvidas, por favor preencha o formulário abaixo, com o máximo de informação possível.


Partilhe este artigo

Facebook Twitter Email LinkedIn Reddit WhatsApp Telegram

Calculadora de Taxa de Esforço