Crédito consolidado – Juntar os seus créditos? Saiba como o pode fazer!

24 de Maio, 2020 | por CFinanceiro

Crédito consolidado

Está a ponderar solicitar um Crédito Consolidado mas precisa de ajuda? Deixamos-lhe aqui dicas importantes para que tome uma decisão de forma informada e entenda se é a melhor opção para o seu caso.

O que é um Crédito Consolidado?

De forma resumida e simples, um Crédito Consolidado permite reunir várias prestações numa única com melhores condições. Em termos práticos, ao invés de ficar a pagar diferentes prestações, em diferentes momentos, com diferentes valores, passa a pagar uma única prestação com um prazo de pagamento fixo.

 

Por ser um modelo de crédito que ajuda ao cumprimento do pagamento das prestações, tem sido muito procurado nos últimos anos, especialmente por cidadãos e famílias que se encontram numa situação financeira débil e não têm margem financeira para pagar tantos créditos.

Basta preencher este formulário para ter através dos nossos parceiros as melhores condições do mercado para crédito consolidado e sem custos para si!

Quais são as vantagens de um Crédito Consolidado?

A consolidação dos créditos traz sem dúvida mais vantagens do que desvantagens, e não é só pelo facto de simplificar o seu processo de pagamento. Através do Crédito Consolidado, conseguirá:

  • Uma redução considerável da prestação comparativamente ao valor pago anteriormente por todas as prestações. A redução do valor dos seus créditos pode chegar aos 50 ou 60%.
  • A aplicação de uma única taxa de juro inferior às anteriores;
  • Uma única data de pagamento: se possui várias prestações mensais com diferentes datas de pagamento, terá maior praticidade no pagamento dado que só terá uma prestação com uma data de pagamento fixa;
  • Aumento do prazo de pagamento.

 

Todas estas vantagens permitem que, a médio ou longo-prazo, seja possível construir uma maior segurança e estabilidade financeira, especialmente importante para cidadãos ou famílias que estejam em situação de sobre-endividamento.

 

É importante que aproveite estas vantagens e comece desde o início a tentar criar soluções, como uma poupança, por exemplo, que o salvaguardem de futuras situações financeiras mais frágeis. Um Crédito Consolidado não deve ser visto como a solução ideal mas sim de recurso, até porque, apesar de todas as vantagens, não se deve esquecer que o irá pagar por mais tempo e isso significa um aumento das taxas de juro totais.

 

Quais são as condições para consolidar os seus créditos?

O Crédito Consolidado pode ser concedido a qualquer tipo de cidadão ou família contudo, foi idealizado para pessoas que contrariam vários empréstimos e que necessitam de um refinanciamento por parte do banco face aos problemas financeiros que possam estar a enfrentar.

 

Há no entanto situações que podem complicar a aprovação da solicitação da consolidação dos seus créditos:

  • Se estiver desempregado ou em situação profissional instável: o banco irá avaliá-lo como um cidadão em situação financeira de risco;
  • Se o somatório dos seus créditos for inferior a 5 mil euros;
  • Caso não tenha rendimentos declarados em Portugal;
  • Se a sua idade for superior a 80 anos;
  • Se o seu nome constar na CRC (Central de Responsabilidade de Crédito) ou seja, na lista negra do Branco de Portugal. Isto significa que já se encontra numa situação de incumprimento no pagamento das suas prestações.

Para saber se está nesta situação, basta aceder ao site do Banco de Portugal com os seus dados de acesso ao Portal das Finanças e aceder à Central de Responsabilidade de Crédito. Para além de verificar essa situação, ainda conseguirá consultar todos os seus créditos em vigor, o valor e respetivos prazos de pagamento.

Estas situações não invalidam que possa solicitar a consolidação dos seus créditos contudo, o mais provável será ter dificuldades para a aprovação por parte da instituição financeira. Se for o seu caso, pode optar por tentar renegociar os seus créditos com o seu banco ou instituição financeira.

 

Que tipos de Crédito Consolidado existem?

Existem dois tipos de Créditos Consolidados em Portugal:

  • Crédito consolidado com hipoteca – é possível juntar todos os seus créditos, incluindo o crédito habitação, bem como dar o imóvel como garantia de pagamento da consolidação. É encarado pela instituição financeira ou banco como um crédito de baixo risco e por isso é mais fácil obter uma prazo de pagamento superior e uma prestação mais baixa;
  • Crédito consolidado sem hipoteca – não inclui a garantia de um imóvel mas agrega de igual forma todos os outros créditos num só. Comparativamente ao anterior, não é tão vantajoso pelo facto dos prazos de pagamento não serem tão extensos e as taxas de juro não serem tão baixas.

 

O que preciso para fazer uma pré-aprovação?

Antes de tudo, deve reunir a documentação necessária:

– Documentos de identificação (BI e NIF ou cartão de cidadão);

– IRS e nota de liquidação do ano corrente;

– Comprovativo de Morada;

– Comprovativo do número da conta bancária (IBAN) de um dos titulares do contrato;

– Recibos de vencimento dos 3 últimos meses;

– Extratos bancários dos últimos 3 meses;

Mapa de Responsabilidades do Banco de Portugal. Para obter o seu Mapa de Responsabilidades deve aceder ao site do Banco de Portugal e escolher a opção “particulares” no canto superior direito. Depois deverá aceder à “Base de Dados de Contas”. Nessa área irá encontrar o procedimento que deve seguir:

  1. Ler atentamente as condições de acesso à Base de Dados de Contas e, se concordar, aceitar as condições;
  2. Após aceitar as condições, clicar em “obter mapa”;
  3. Autenticar-se utilizando as credenciais de acesso ao Portal das Finanças ou o Cartão do Cidadão;
  4. Abrir e guardar o ficheiro em formato PDF com o Mapa de Contas;
  5. Por último, e não menos importante, fechar a sessão segura e, para sua segurança, apagar o ficheiro PDF com o mapa de contas guardado na pasta de ficheiros temporários da internet.

 

Independentemente da instituição financeira ou banco onde fará a sua simulação para o crédito consolidado, o envio destes documentos é um procedimento comum. Por isso deve assegurar-se que os possui previamente para que consiga saber se reúne as condições para consolidar os seus créditos. Importa ressalvar que a simulação é totalmente gratuita.

 

Onde posso fazer um Crédito Consolidado?

Comece sempre por analisar as várias opções que existem à sua disposição. Analise qual das instituições de crédito lhe oferece melhores condições, deve tentar acordar uma taxa de esforço reduzida. Tenha especial atenção com a TAEG oferecida para saber todos os reais custos do crédito: juros, impostos e comissões.

 

O tempo que demorará dependerá de diferentes fatores, incluindo a demora na aprovação pela instituição financeira e a condição da documentação entregue.

 

Antes de tomar a sua decisão, informe-se e faça contas. Lembre-se que negociar é essencial e um Crédito Consolidado nunca deve ser realizado sem uma análise aprofundada para perceber quanto isso lhe custará a longo prazo.

 

Basta preencher este formulário para ter através dos nossos parceiros as melhores condições do mercado para crédito consolidado e sem custos para si!

 

Por vezes é muito complexo entender qual a melhor opção para o seu caso em particular e saber negociar com os diferentes bancos. É importante que recorra a um profissional que o ajude em todo este processo.

 

Os parceiros do Conselhos do Consultor pode ajudá-lo a poupar e a decidir a melhor oferta para o seu caso…

 

Veja também:


Partilhe este artigo

Facebook Twitter Email LinkedIn Reddit WhatsApp Telegram

1753 Visualizações

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Calculadora de Taxa de Esforço

 

NO POPUP AVAILABLE!!