Cobertura de Doenças Graves, tem nos seus Seguros?

8 de Outubro, 2019 | por CFinanceiro

Tem cobertura de doenças graves nos seus seguros?

Pensa que os seguros não cobrem as doenças mais graves?

Em Portugal, como no resto do mundo, são cada vez mais os casos de diagnóstico de patologias graves, como cancro e doenças cardiovasculares.

Existem momentos na Vida em que necessitamos que alguém cuide de nós. Com esta cobertura cuidaram de si para que no caso de doença, tenha acesso aos melhores tratamentos possíveis. Queremos ajudar na recuparação e minimizar as preocupações.

O Seguro de Doenças Graves permite-lhe aceder a um capital seguro no mesmo momento em que lhe seja diagnosticado. Assim poderá concentrar-se na recuperação.

As doenças graves, como as doenças oncológicas, cardiovasculares ou neurológicas preocupam cada vez mais os segurados e algumas companhias procuram dar resposta a esta necessidade.

O diagnóstico de um qualquer tipo de cancro preocupa e muito as famílias. Além de se tratar de um tipo de doença potencialmente fatal, o seu tratamento representa despesas avultadas. Especialmente quando se pretende obter acesso a terapêuticas de vanguarda e que podem garantir a sobrevivência ou uma melhor qualidade de vida.

Leia Também: Como transferir o seguro de vida do meu crédito passo-a-passo

Segundo os dados do Eurostat, em cada quatro pessoas que morrem em Portugal, uma é vítima de cancro (24,8%) e nas faixas etárias abaixo dos 65 anos esta percentagem chega quase aos 40%.

Também as doenças coronárias são um autêntico flagelo no nosso país. Portugal tem a maior taxa de mortalidade por doenças cardiovasculares na Europa Ocidental e a tendência é para aumentar.

Um seguro específico com cobertura de doenças graves pode contemplar serviços associados. Serviços que são fundamentais aquando da aquisição deste tipo de cobertura. Como o acesso a uma segunda opinião médica, a terapêuticas de medicina alternativa e, ainda, a consultas de nutrição e psicologia. Estas são características que zelam pelo bem-estar das pessoas e que devemos ter sempre em consideração.


Partilhe este artigo

Facebook Twitter Email LinkedIn Reddit WhatsApp Telegram

53 Visualizações

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Calculadora de Taxa de Esforço