4 "fraudes de Verão" a Evitar

14 de Agosto, 2015 | por CFinanceiro

fraudes de verão
Para quem planeia as férias de verão normalmente não pensa que podem acontecer imprevistos. No entanto, seja na altura de marcar férias ou de gozar uns dias de descanso, é importante que se mantenha atento aos fraudes e armadilhas que pretendem atrair os turistas nestas alturas. Descubra algumas delas e saiba como evitá-las durante estas férias.

  1. Serviços falsos de vistos

Para quem viaja para fora da Europa corre o risco de ter que pedir um visto de entrada no país de destino. E neste campo existe falta de conhecimento por parte dos turistas que são interceptados por empresas que se fazem passar por credíveis na obtenção do visto. Alguns países como é o caso dos Estados Unidos da América, por exemplo, podem até dispensar o pedido de visto desde que o turista cumpra alguns requisitos, como ficar no país por menos de 90 dias. De maneira a que corra tudo pelo melhor e a sua entrada no país seja aceite, deve entrar em contacto com a embaixada ou consulado representativo do país onde pretende gozar as suas férias. Ao estar bem informado dos passos que deve seguir para conseguir o seu visto, não corre o risco de ser vítima de fraude.

  1. Reservar casas para férias

Se vai fazer uma reserva de casa de férias pela internet deve estar atento aos sites escolhidos, bem como aos serviços contratados. Nos dias que correm é muito fácil criar um site que pode induzir em erro e reservar uma estadia num hotel que não existe. Uma vez que o mesmo pode acontecer através dos sites de arrendamento temporário é importante que esteja atento a alguns indicadores da reserva. Por exemplo, se optar por recorrer aos sites de aluguer temporário, veja se a opção que escolheu inclui comentários de outros utilizadores e qual a opinião relativa à casa. Já se optar por reservar através do site da residência verifique a morada, os contactos e a política de cancelamento. Ao fazer o pagamento da reserva através do cartão de crédito não descure a informação do seu extracto bancário.

  1. Excursões (pouco) grátis

Apesar de as ‘Free Tours’ serem bastante populares para os turistas, podem ser igualmente uma armadilha para os menos atentos. Normalmente os turistas são abordados nas zonas mais populares para férias por promotores do evento. Mas depois de se inscreverem são levados ao pagamento de uma taxa ou impelidos a adquirir determinado produto. Para que isto não aconteça informe-se junto do hotel ou residência onde está instalado sobre a natureza da viagem de forma a saber se realmente é um esquema ou excursão legítima.

  1. Esteja atento ao extracto do cartão

Para quem utiliza os cartões bancários nas compras no estrangeiro deve estar atento ao seu extracto bancário quando regressa. Isto porque existem algumas fraudes que podem ter acontecido durante as suas férias, como a clonagem do seu cartão ou ser vítima de um ataque de ‘phishing’. Ao verificar movimentos de dinheiro estranhos na sua conta informe de imediato o seu banco e as autoridades competentes. No que toca ao ‘phishing’ tenha extremo cuidado com todos os emails que lê durante as suas férias.


Partilhe este artigo

Facebook Twitter Email LinkedIn Reddit WhatsApp Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Calculadora de Taxa de Esforço