Crédito à Habitação – Novas regras de análise da Solvabilidade dos Clientes

Novas regras de análise da Solvabilidade dos Clientes: o Regulador estipulou critérios(Diretiva de Crédito Hipotecário (DL nº74-A/2017 do BP))  mais apertados de solvabilidade e a necessidade da entrega de comprovativos de mais informação para a análise.

Leia Também: Sabe o que vai mudar no crédito à habitação em 2018?

Novos parâmetros a serem considerados no cálculo da Taxa de Esforço

• Seguros e outros encargos de natureza pessoal e familiar;
• Cenários de agravamento da taxa de juro: no caso do Crédito Habitação (créditos com duração superior a 5 anos) irá considerar-se 3 pontos percentuais;
• Idade da Reforma: nos casos em que o financiamento ultrapassa essa idade será contabilizada a redução no rendimento;
• Avais / Fianças: serão contabilizados os encargos de empréstimos onde o proponente em análise seja avalista / fiador;
• Contrato de trabalho: Quando o contrato de crédito vigora para além do termos do contrato de trabalho, implica a apresentação de fiadores/ avalistas;
• Carência de Capital / Valor Residual: Nestes contratos será considerado o montante total da prestação (e não o previsto por estas situações específicas).

Deixar uma resposta