CGD agrava taxa do crédito à habitação em 40%

A  CGD(Caixa Geral de Depósitos) agravou, a comissão mensal do crédito
à habitação, que subiu 70 cêntimos, cerca de 40%. O banco público está a aumentar de forma generalizada as suas comissões, numa operação que só deverá terminar em junho.

Segundo o Correio da Manhã, a comissão de processamento da prestação mensal subiu de 1,80 para 2,50 euros, quer nos contratos de crédito à habitação, quer nos conexos.

Sabe quanto paga por mês de taxa de gestão do crédito à habitação?

A CGD passa a ter, desta forma, uma das mais elevadas comissões nas prestações, encontrando-se, no entanto, abaixo do Santander e do Novo Banco, com o valor de 2,9 euros e 3,5 euros, respectivamente.

“Estas comissões agravam os custos mensais do crédito num período de taxas de juro negativas”, escreve a publicação, salientando que as alterações no preçário abrangem as contas à ordem, os juros dos depósitos (que vão passar a ser 0%), as transferências e os cartões.

Deixar uma resposta