7 Dicas para Poupar nos Seguros

Poupar nos seguros é possível, mesmo que sejam apenas alguns euros mensalmente.

Hoje em dia uma das palavras que mais anda na cabeça das pessoas, é a palavra poupança. Poupar nos seguros é uma das várias formas de reduzir o orçamento mensal.
Os seguros são hoje em dia um produto, obrigatório, em algumas situações.
Qualquer família tem hoje em dia um seguro Automóvel, de vida, para a casa e de saúde.

Devemos ter em atenção as nossas necessidades, para não termos custos desnecessários.
Se, por um lado, é inevitável ter um seguro automóvel caso tenha carro, por outro, num seguro de saúde, pode estar a pagar por coberturas desadequadas às suas necessidades e desta forma estarmos a meter dinheiro pela janela fora.

Ficam aqui algumas dicas para conseguir poupar nos seguros o máximo possível.

 

1. Avaliar as necessidades – Tal como já foi referido, este é o primeiro passo. Deve efectivamente avaliar o que pretende em termos de coberturas e depois contratar de acordo com as necessidades identificadas. Imaginando o seguro de vida associado ao crédito à habitação: se o seu objectivo é apenas garantir que a casa fique paga numa situação de morte ou invalidez, optar pela actualização do prémio ao capital em dívida pode ser mais vantajoso. Isto porque o prémio do seguro vai descendo à medida que vai pagando o empréstimo.

 

2. Cartões de crédito com seguro – A maioria dos cartões de crédito têm benefícios associados à sua utilização, entre os quais está a possibilidade de ficar coberto por um seguro de viagem caso pague a sua viagem com o cartão de crédito ou mesmo caso faça uma compra na internet e seja burlado, o seguro do cartão devolve lhe a totalidade ou pelo menos parte do dinheiro. Deve apenas ter atenção às coberturas e verificar se são suficientes para si e assim poupar nos seguros de viagem.

 

3. Mediadores – Procurar um mediador também lhe pode permitir poupar nos seguros. Por norma, consegue preços mais competitivos em relação ao balcão.Tem ainda a vantagem de estar a falar com um especialista que apenas lhe vai indicar as coberturas efectivamente necessárias, e desta forma não está a perder dinheiro com coberturas que não se adequam a si.

 

4. Atenção à duplicação – Muitas vezes, sem saber, há pessoas que têm mais do que um seguro com as mesmas coberturas. Acaba por estar a pagar duas vezes sem necessidade, uma vez que as indemnizações não acumulam e assim está a pagar duas vezes e só vai receber uma vez.

 

5. Consolidação – Muitas seguradoras oferecem descontos caso compre um pacote de produtos. Ter o seguro de vida, carro, saúde ou casa contratados na mesma seguradora pode ficar bem mais barato do que ter espalhado por várias companhias. Analise bem esta situação e veja se ao ter todos os seus seguros na mesma companhia não vai poupar alguns euros

 

6. Low Cost – As seguradoras ‘online’ ou por ‘telefone’ apresentam, por norma, preços mais competitivos dos que as companhias tradicionais. São estruturas empresariais mais leves e desta forma conseguem oferecer preços mais baixos. Tenha atenção às coberturas.

 

7. Promoções – Aproveite as campanhas de desconto de algumas seguradoras. Por vezes, as poupanças face aos preços normais são consideráveis. Pode ainda obter descontos por ser sócio de algum clube, ou ter algum cartão de descontos.Pode ainda verificar se existe alguma parceria com ou algum protocolo da sua empresa com seguradoras que lhe permitirá reduzir o custo dos seus seguros.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.